04/03/09

Funções sintácticas

Na Gramática, a sintaxe estuda a ordem ou a organização das palavras na frase.

As funções sintácticas são as funções (função é a palavra que usamos para designar aquilo para que as coisas servem) que as palavras desempenham dentro da frase.

As funções sintácticas essenciais são: o sujeito e o predicado.

O sujeito é a palavra ou as palavras que indicam quem faz aquilo que o verbo diz; é aquele que pratica a acção.

O predicado é constituído pelo verbo e pelas palavras que completam o sentido do verbo; é a acção praticada; é tudo aquilo que se afirma sobre o sujeito.

Exemplo: O pai fez uma surpresa aos filhos.

Sujeito: o pai

Predicado: fez uma surpresa aos filhos

O predicado pode ser constituído apenas pela forma verbal mas, muitas vezes, o verbo precisa de outras palavras que completem melhor o seu sentido. A essas palavras chamamos complementos.

O complemento directo é formado por palavras directamente ligadas ao verbo, que indicam o objecto sobre o qual recai a acção, e que respondem à pergunta o quê?

Vejamos novamente o exemplo acima: O pai fez uma surpresa aos filhos.

Fez o quê? Uma surpresa.

Complemento directo: uma surpresa

O complemento indirecto é formado por palavras que não estão directamente ligadas à forma verbal; precisam de uma preposição para estabelecer essa ligação; indicam o destinatário da acção; respondem a perguntas como: a quem? a quê? para quem? de quê?

Continuando a analisar a mesma frase: o pai fez uma surpresa aos filhos.

Fez a quem? Aos filhos.

Complemento indirecto: aos filhos

Outras funções sintácticas (que irás estudar mais tarde): vocativo, predicativo do sujeito, complementos circunstanciais de lugar, de tempo, de modo, …

4 comentários:

Anónimo disse...

Oi, sou brasileira e farei uma prova de Portugues em breve.
O blog me ajudou em algumas dúvidas que tinha.
Muito Obrigada, Elaine...

Clara Pires disse...

Muito obrigada, ajudou imenso a minha filha a preparar-se para a avaliação de português, de uma forma dinâmica e divertida (palavras dela).

Anónimo disse...

Ajudou-me imenso, só falta o vocativo e o complememto obliquo.

Anónimo disse...

obrigado me ajudou mto naum entendia nada